Fique por dentro

17/11/21 17:49 | NOTÍCIAS

Novembro azul reforça importância de exames de rotina na saúde do homem

Todos os anos, o mês de novembro é referenciado para lembrar aos homens a importância de cuidar da saúde. O Novembro Azul, como a campanha ficou conhecida internacionalmente, destaca a importância da prevenção de várias doenças, mas tem como foco principal o câncer de próstata.

A conscientização é fundamental nesse processo de chamar atenção dos homens para a necessidade de eleger a saúde como uma prioridade. Por isso, este ano, o Grupo Med Imagem traz a campanha “Mais prevenção, Menos preconceito”. O urologista Adoniran de Moura Silva reforça que a ideia é incentivar os homens a cuidarem da saúde para ter uma melhor qualidade de vida. “A campanha tem a finalidade de fazer com que o público masculino procure o serviço de saúde para tentar prevenir as doenças mais comuns da sua idade, não só o câncer de próstata, mas também, fazer um alerta sobre a promoção à saúde global”, explica.

Apesar da campanha incentivar a saúde geral do homem, a detecção precoce do câncer de próstata é o foco já que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, este é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Os últimos dados do Instituto, apresentados em 2020, apontam uma estimativa 65.840 novos casos, correspondendo a 29,2% dos tumores incidentes no sexo masculino.

O médico Adoniran de Moura Silva, que atende na Med Imagem, lembra que os exames de rotina são essenciais para se descobrir a doença ainda no início. “O câncer de próstata geralmente não dá sintomas no início, por isso a importância do paciente procurar o médico quando estiver no período que tem maior incidência de câncer, ou seja, quem tem história familiar, a partir dos 45 anos, e os que não tem, a partir de 50 anos. Esperar ter sintomas não é uma estratégia segura para o câncer”, ressalta.

Os exames realizados anualmente para o diagnóstico do câncer de próstata são toque retal e exame de PSA (Antígeno Prostático Específico), que é uma substância liberada especificamente pela próstata, e que quando aumenta pode indicar câncer de próstata.

Existem alguns tipos de câncer de próstata, mas o mais comum é o Adenocarcinoma Acinar Usual. Segundo o especialista, os outros cânceres são muito raros e também são assintomáticos no início, por isso a necessidade de realizar exames de detecção todos os anos nos casos em que houver fatores de risco envolvidos.

Edição: C.S. 

O que achou deste conteúdo?
Obrigado(a) pela sua avaliação!
Ver nota média para essa postagem
A nota média desse post é 0.0

Receba novos conteúdos direto em seu e-mail

Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pelo Athena Saúde